segunda-feira, 30 de abril de 2012

Desabafo....

Eu disse que não ia escrever mais... mas não consigo...
Nunca na minha vida tive o quer que seja de mão beijada, tive de lutar por tudo o que conquistei. 
A vida é feita de lutas, de batalhas diárias, de guerras surdas ou em silêncio. O politicamente correcto impera na nossa sociedade, mas está na hora de libertarmos das amarras e lutarmos pelo que desejamos e pela nossa felicidade.
Quanto mais me atacam, quanto mais me provocam, quanto mais me tentam rebaixar, mais forçar me dão para lutar por tudo...
É certo que a sociedade é cruel e retrograda, mas se formos estar a viver para agradar a terceiros quando conseguiremos ter a nossa felicidade? Quando conseguiremos ser realmente felizes?
Como se costuma dizer, "O caminho faz-se caminhando" e é assim que eu penso... "A vida é feita de pequenos nadas" e é assim que vamos lutando.
Quem ler isto pensa que eu sou ou estou revoltado com alguma coisa... nada disso, muito pelo contrário, apenas é um simples lobo solitário lutando por tudo o que deseja e  por todos os objectivos que delineou.
Ah escusam também de tentar perceber o que escrevo, escusam de tentar arranjar ou dar interpretações ao meu texto. Raramente acertam no que decifram....
Acredito e tenho fé que vou conquistar tudo o que desejo, força não me falta... fé muito menos... 
LUTAR SEMPRE, DESISTIR NUNCA!!! - Este é o meu novo lema....




terça-feira, 17 de abril de 2012

Fim por uns tempos....

Decidi fechar este espaço por uns tempos... Estou cansado que qualquer coisa que eu escreva tenha segundo sentido ou destinatário... assim guardarei para mim as minhas divagações.
Isto tanto pode ser um até já, como um adeus... mas muito sinceramente neste momento é mais um adeus.

terça-feira, 10 de abril de 2012

Definição de saudade

SAUDADE

Proponho definir saudade.
Simples.
Saudade é a falta de quem um dia esteve ao lado
É a dor da ausência
A alegria da doce recordação
A esperança de reencontrar logo
A perseverança de nunca esquecer
A angústia da demora em ver
A emoção de ouvir a voz
De sentir o perfume
De contemplar o olhar
De quase … tocar
Sem que isso seja possível
Nostalgia dos momentos
Que se foram ao vento
Mosaico de sensações
Emolduradas em reminiscências
Sôfrego, bucólico, contrito
Saudade é só … um sentimento.

"Luiz Pessoa"

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Adaptação de extratos de Augusto Cury

"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço que a minha vida é a maior empresa do mundo, e que posso evitar que ela vá a falência.


Há muitas pessoas que precisam, admiram e torcem por nós. E há muitas pessoas de quem precisamos, admiramos e torcemos por elas...

Ser feliz não é ter um céu sem tempestade,
caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas,
relacionamentos sem desilusões.
Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas,
segurança no palco do medo, amor nos desencontros.

Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza. Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.

É, de facto, agradecer a Deus a cada manha pelo milagre da vida.

Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples, que mora dentro de cada um de nós.

É ter maturidade para falar "eu errei".
É ter ousadia para dizer "perdoa-me".
É ter sensibilidade para expressar "eu preciso ti".
É ter capacidade de dizer "eu amo-te".
É ter humildade da receptividade.

Que a vida se torne um canteiro
de oportunidades para se ser feliz...
E, quando se errar o caminho, recomeça-se,
pois assim se descobrirá que ser feliz
não é ter uma vida perfeita, mas usar
as lágrimas para irrigar a tolerância.
Usar as perdas para refinar a paciência.
Usar as falhas para lapidar o prazer.
Usar os obstáculos para abrir as janelas
da inteligência.

Jamais desista de si mesmo.
Jamais desista das pessoas que você ama.
Jamais desista de ser feliz,
pois a vida é um obstáculo imperdível,
ainda que se apresentem dezenas de fatores
a demonstrarem o contrário..."

Adaptação de extratos de Augusto Cury