quinta-feira, 15 de novembro de 2012

cinzento como o dia....


Uma vez alguém me ofereceu um livro e lá dentro vinha esta dedicatória. Por vezes leio e tento acreditar em tudo o que está escrito, outras vezes custa-me a acreditar se sou mesmo isso...
Por mais que me digam isso, por mais que eu mesmo saiba que por vezes o sou, existe sempre momentos em que a auto-estima e a confiança vão ao fundo... talvez por nunca realmente ninguém me ter dado o valor que mereço, ou talvez porque alguém conseguiu tirar-me todo o amor próprio que se precisa de ter para erguer a cabeça e ir em frente com sonhos e desejos....
Tento ser forte mas por vezes a força foge.... hoje estou num desses dias... melhores  dias estão para vir... espero....


terça-feira, 6 de novembro de 2012

....

Há momentos na vida que colocamos tudo em causa, o sentido da vida, o que andamos cá nós a fazer ou simplesmente o porque de existirmos. Por vezes achamos que tudo está contra nós, que ninguém gosta de nós, que somos apenas uns peões num jogo de xadrez.
Não temos que viver para agradar a ninguém, mas temos de saber destacar-nos com a nossa maneira de ser, se fores competente no que fazes acabas por ser reconhecido quando menos esperas.
Vivemos num mundo de hipocrisia em que pela frente é só sorrisos, palavras amáveis e quando viramos as costas todos nos espetam facadas.
Felizmente ainda existe gente boa, gente que vale a pena ser amigo e por quem daríamos tudo para ajudar.
A esses digo, muito obrigado por existirem e que de mim terão tudo... aos outros apenas digo que não valem nada com gente e que de mim só terão desprezo....

"FAÇAM FAVOR DE SEREM FELIZES...."